COM A CAMISA DA FIEL

Parece mesmo que, na redação do site paulistano UOL, há muitos corintianos. A manchete de domingo depois do SUPER GOL do atacante Nilmar, na vitória do Internacional sobre o Corinthians por 1 a 0 foi: “Com golaço de Nilmar, Internacional vence o adversário”. Isso mesmo, ADVERSÁRIO. A manchete deveria ter sido: “Corinthians reestréia na Série A com derrota e super gol de Nilmar”. Sim, porque, caso contrário, a manchete poderia até ter sido esta (como muitos certamente queriam): “Fenomenal: Timão reestréia na Série A com super gol de Ronaldo” (e sem essa de que o Corinthians jogou com time misto). O time do Corinthians tem mesmo apresentado novidades e reviravoltas no futebol. Depois do atacante Ronaldo Fenômeno ter sido rei na casa do rei Pelé (Santos 1 x 3 Corinthians na primeira partida da final do Paulistão 2009, dia 26 de abril), nesta abertura do Brasileirão, foi a vez do ex-corintiano Nilmar fazer um gol à Ronaldo no time do Ronaldo.
COMO FOI O SUPER GOL DE NILMAR:
Na descrição: Nilmar, no ataque (pela direita), recebe passe longo do meio de campo. Ele domina com a direita e é cercado por DOIS marcadores, corta ambos, saindo pela esquerda, dá o giro em direção à meta e sai da marcação do TERCEIRO marcador que vinha do meio de campo e que ainda tenta derrubá-lo. (Aqui, Nilmar está cercado por seis adversários), antes de entrar na área, contorna pela esquerda, passando no meio da marcação de outros QUATRO adversários (um deles dá uma tesoura por trás que quase o derruba). Ainda em diagonal, quase desequilibrado e na velocidade, dá uma meia lua na chegada do OITAVO marcador e entra na área pelo lado esquerdo (aqui, Nilmar tem vários marcadores acompanhando a sua jogada), conduz a bola mais ao fundo e dá um breque (corte pra dentro) para se livrar de um dos marcadores que acompanhara a jogada e ficar mais de frente para o gol. Então ele gira rápido e, antes da chegada de outros marcadores corintianos que vieram na recuperação, chuta cruzado com o pé direito no canto esquerdo do goleiro Felipe, que tentou praticar a defesa, mas não conseguiu (o marcador que ficou imobilizado pelo breque dentro da área, ao ver que o lance foi gol, ainda dá um soco no gramado). Total de marcadores superados: OITO. O lance todo durou 14 segundos.
FOTO: Extraída da galeria do site Terra (fotos do Brasileirão 2009 - Nilmar Faz Golaço no Pacaembu - do fotógrafo Reinaldo Marques) e usada apenas para ilustrar a idéia do texto. *Direitos reservados ao fotógrafo

Nenhum comentário:

Postar um comentário