RECLAMAÇÃO

VÍTIMAS DA ENCHENTE RECLAMAM DE ATENDIMENTO

Órgãos estariam deixando a desejar na ajuda a estabilização dos atingidos

MATÉRIA DO DIA 20 DE ABRIL DE 2010 (TERÇA-FEIRA)
TEXTO E FOTOS: Sérgio Torres
.
.
O BLOG ALVO NOTÍCIAS foi comunicado do caso. Algumas vítimas da grande enchente do dia 2 de março de 2010 estariam tendo um atendimento a desejar por parte da Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social, entidade pública responsável por promover arrecadações e repassar doações aos atingidos pela catástrofe, e também pela Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo, órgão encarregado de realizar reparos e consertar os estragos provocados a imóveis e logradouros. As principais reclamações seriam referentes ao repasse de cestas básicas, ajuda em dinheiro, doações preferenciais e promessas não cumpridas. O fato gerou certa insatisfação e descontentamento em várias famílias nas proximidades do lago JK. Outros políticos também não escaparam das críticas. Informações desencontradas e descaso estariam ocorrendo até por parte da imprensa local. O BLOG ALVO NOTÍCIAS é o primeiro espaço de mídia de Jataí é mostrar o lado dos atingidos e, com esse trabalho, traz também a resposta dos órgãos públicos reclamados e a versão da administração municipal. Tudo porque registrar reclamações e questionamentos está absolutamente dentro dos preceitos do jornalismo e de acordo com a democracia e a liberdade de expressão.

Para que o resultado das operações de socorro às vítimas em Jataí pudesse ser apresentado ao público foi preciso haver entrevistas e buscas de informações. Neste trabalho, foi ouvido um lado e o outro, tanto das vítimas quanto das autoridades e órgãos públicos. Assim, esta matéria é isenta e imparcial. O BLOG contactou com uma das famílias reclamantes, formada pela senhora Maria de Fátima Ferreira de Brito, manicure e pensionista, e seu esposo, o senhor Valter Mendes Souza, vaqueiro, bem como pelos dois filhos do casal, Luiz Henrique, 14 anos e Dênis Kelinton, 12 anos. Todos moradores em casa própria na Rua Jerônimo Silva, nº 60-A, logo acima do lago JK e atingidos pela enchente causadora de grandes prejuízos materiais. Eleitora do atual prefeito, Maria de Fátima, mais conhecida apenas como Fátima, estava revoltada com o tratamento dispensado pela Secretaria de Assistência Social, bem como com as promessas não cumpridas pelo secretário de Obras, Thales Augusto e até com o sumiço do vereador Gênio Eurípedes. Até críticas à imprensa sobrou. Segundo eles, a Rádio Difusora e a TV Jataí (repórter Cristiano Castro) não foram entrevistá-los para que pudessem reclamar da situação. Até o jornal Liberais, veículo impresso local, teria cometido um equívoco ao trazer um mapeamento desenhado do local da área atingida pela enchente e deixado a parte deles e de seus vizinhos de fora do traçado. A única televisão que foi realizar matéria no local (entrevistando o senhor Ari Hudson, do Comercial do Lago e a Glauseni de Jesus do Salão de Cabeleireiro) foi a TV Rio Claro (afiliada GLOBO) e, mesmo assim, sem registrar as reclamações contra o atendimento e as promessas dos órgãos públicos. As vítimas queriam desabafar pelo fato de terem perdido seus bens de uma hora para outra.

Nesta matéria está a reclamação e o convite a resposta de quem achar necessário fazê-la.

















Nenhum comentário:

Postar um comentário