COLABORAÇÃO

Políticos de Jataí não vão à audiência sobre impacto ambiental

A audiência em Jataí e Mineiros, ocorrida na noite dessa segunda-feira, dia 20 de setembro, convocada por pessoas do governo federal e do IBAMA, teve a finalidade de discutir os impactos ambientais da construção de uma linha de transmissão entre Rondônia e São Paulo. A obra vai passar por algumas cidades goianas, entre elas, Jataí e Mineiros e também atingirá outras cidades da região e servirá para transmitir energia de duas usinas hidrelétricas que estão sendo construídas no rio Madeira, em Rondônia.

Em Jataí o encontro foi no auditório do ISG e veio representantes de outras cidades, mas, da própria cidade mesmo, nenhum político honrou o nome do município. A Prefeitura e a Câmara Municipal foram convidadas formalmente, mas parece que nem deram moral ao convite. Representando a Prefeitura esteve o vice-prefeito Reni Franco que participou apenas por cerca de 20 minutos e depois foi embora. Da Câmara não houve ninguém. Para não deixar passar em branco, o cidadão Josiel Silva fez uso da palavra em nome da cidade.

De Serranópolis veio dois vereadores (dentre eles o presidente da Câmara), o secretário do Meio Ambiente, a secretária de Cultura e Turismo e mais 20 pessoas todas enviadas pelo prefeito Sidinei Pinheiro. Jataí passou vergonha em seu próprio território.

Audiências vão acontecer em alguns municípios por onde vai passar a linha de transmissão. Nesse dia 20 foi em Jatai e Mineios. Na terça-feira, 21, será em algumas cidades do MT, e assim por diante. Começou semana passada e termina no final dessa semana. Dizem que a obra fica pronta em 2013.

Foi mostrado um caderno com os nomes de quem recebeu os convites, pois eles mesmos tentaram garantir que o presidente da Câmara de Jataí viesse ou que repassasse o convite aos demais parlamentares. Eles disseram que foi ruim para o debate não ter ninguém do Poder Público. Daí eles parabenizaram Serranópolis que compareceu em peso.

Josiel Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário