quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

ESCOLA ESTADUAL SOFRE ATAQUE DE VANDALISMO

     Todos ficaram assustados e perplexos quando chegaram no início da tarde da Quarta-Feira de Cinzas, 22, e viram a situação em que os vândalos deixaram a escola estadual José Feliciano Ferreira: salas da secretaria, coordenadoria e laboratórios de informática "destruídos", teto e portas das salas de aulas arrombados, lâmpadas dos corredores e do pátio quebradas, refletores da quadra coberta atingidos a pedradas, paredes pichadas, além de outros prejuízos. De objetos levados apenas uma máquina fotográfica digital. As chuvas que caíram durante o feriado de Carnaval alagaram as salas que estavam  com o teto arrombado. A tristeza de todos era geral. A escola não possui guarda noturno (apenas porteiro) e a polícia está investigando os responsáveis tendo, inclusive, já levantado as pistas dos mesmos uma vez que trata-se de delito com certa frequência no local. A rede estadual de educação ainda está de greve com os docentes efetivos e tendo apenas aulas parciais com os professores de contrato especial.