sexta-feira, 15 de junho de 2012


ABERTURA DO RODEIO EXPÕE LADO FRÁGIL DA 40ª EXPAJA

Longo tráfego, engarrafamento e acidente exigiram paciência de quem queria festar



Colisão traseira envolvendo três caminhonetes S10 pretas chamou atenção



Grande público para entrar no primeiro dia de acesso pago (R$ 20,00 pista)



Segurança, na entrada, foi uma barreira para o acesso



Muito rigor em revistas e em exigências de credenciais tiraram a paciência de muita gente. A imprensa (sem credenciais da Expaja) foi barrada logo na portaria. Um determinado músico ficou tão indignado em não poder entrar para trabalhar que ameaçou "quebrar a cara" de alguém da organização. Um sócio do sindicato disse ter se sentido tão constrangido por de sido barrado na entrada que falou em precessar o evento. Uma dupla de rapazes reclamou muito do atendimento na bilheteria e chegou a usar a expressão de que a moça que o atendeu parecia uma "égua" de tão mal educada. 




Na área VIP do Rodeio só quem tinha fitinha no braço poderia ter acesso



Um determinado sócio do Sindicato Rural se mostrou muito indignado e constrangido em ter sido barrado que procurou a organização para reclamar. Ao ser atendido pelo organizador responsável, Francis Barros, ainda levou bronca e teve a atenção chamada com a seguinte expressão: "Por que você não procurou antes para tratar de sua entrada? Agora chega querendo entrar pela 'janela'?".




Um determinado frequentador teceu elogios ao evento dizendo que, este ano, gostou mais das disposições dos estandes



Rodeio em touros mostrou boas montarias



Público lotou as arquibancadas por causa do Rodeio



Locutor, Almir Cambra, também deu seu show



Vaca She-Ha, de Alexânia (GO), bateu um dos três recordes mundiais no torneio Gir Leiteiro da 40ª Expaja



Com 62,033 kg/g de média por ordenha, a vaca She-Ha bateu seu próprio recorde mundial



Assessoria do evento comunicou público de 20 mil pessoas no show de Cristiano Araújo (segunda atração musical da 40ª Expaja), entretanto, número foi questionado por um dos motoristas do transporte de ônibus coletivo que informou, ao Blog, que ele mesmo só transportou 45 pessoas do centro da cidade para o Parque de Exposição. "Acho que nao têm 10 mil pessoas aí", opiniou o motorista.



Falta de espaço para apresentações de artistas da cidade causou muita indignação a um jovem cantor jataiense. O artista local, que canta em dupla com outro jovem cantor realizando apresentações em outras cidades, criticou muito o show de Luiz Cláudio ocorrido no dia 13 de junho (foto acima). Para ele, o show do artista, de fora, foi uma decepção sem novidades e sem empolgação. Em seu desabafo, o jovem prata-da-casa declarou que se os organizadores tivessem contratado seu show de sertanejo universitário (de um artista da terra) haveria mais atrativo ao público, já que possue uma banda mais completa. Por causa dessa desvalorização, o jovem disse que, se caso um dia chegar a fazer grande sucesso fora do estado, ele nem irá retribuir à sua terra natal. 




Parte do público, que só queria mesmo era se divertir, agitou no show de Luiz Cláudio (dia 13), primeira atração musical da 40ª Expaja