sábado, 22 de julho de 2017

MEIRELLES E O GRUPO MASUT

Como resposta referente a comentários à boca miúda no meio empresarial da cidade goiana de Anápolis, de que Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central no governo Lula e atual ministro da Fazenda do governo Temer, teria participação na propriedade da rede Masut de combustíveis, o ministro nega que isso seja verdade. Até mesmo porque, como ele iria explicar o fato de ter estado no governo federal quando o grupo JBS conseguiu bilhões de reais em empréstimos através da J & F dos irmãos Batista? E como iria explicar também o fato de que, em 2016, a grupo Masut obteve faturamento de R$ 1,2 bilhão? A indignação faria perguntar: "só porque os Irmãos Batistas são da terra natal dele (Anápolis)? Só porque a proprietária da rede Masut, Mariza Maria de Araújo Bittar, é sua prima em Anápolis"? Portanto, diante de tais indignações que poderiam surgir, os comentários à boca miúda ficam negados pelo ministro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário