APARECIDENSE 2x1 GOIANÉSIA

(Foto: Sérgio Torres - arquivo)

CAIU O TIME INVICTO DO CAMPEONATO
Em partida válida pela terceira e última rodada desse Primeiro Turno da Fase Final do Goianão 2010 da Divisão de Acesso (2ª Divisão), A Aparecidense recebeu e bateu o Goianésia na manhã deste domingo em Aparecida de Goiânia (estádio Aníbal Batista de Toledo, de dimensões pequenas e gramado esmeralda igual ao Serra Dourada e o Arapucão em Jataí). O primeiro tempo havia terminado em 0 a 0.

O time da casa foi muito superior em campo na primeira etapa. O Goianésia esteve, como sempre, bem postado em campo, mas sentiu mais o Sol e o horário das 10h10min da manhã e tomou um sufoco enorme. Azulão do vale mal passou do meio campo no primeiro tempo e teve poucas oportunidades (apenas duas, uma com Pereira e outra com Nonato). Os volantes do Goianésia, Lusmar e Geoavane, além dos dois zagueiros, jogaram muito na defensiva. O meio campo da Aparecidense dominou os dois meias adversários e colocou muita pressão no primeiro tempo. Os dois laterais do Goianésia estiveram fracos no apoio.

A Aparecidense teve uma chance atrás da outra, mas não estava conseguindo abrir o marcador por causa do goleiro do adversário, Luiz Almeida, que fez inúmeras defesas (defendeu duas ou três chances reais de gols no primeiro tempo e outra no segundo) e salvou o Goianésia de uma goleada.

Luiz Almeida é o melhor jogador do campeonato e deu um show em campo.

SEGUNDO TEMPO

O sufoco continuou por parte da Aparecidense, mas o Goianésia também arriscou e levou algum perigo. O técnico Zé Humberto, do Goianésia, chegou a tirar um dos dois atacantes e colocar mais um zagueiro para compor com quatro na zaga e apenas um no ataque (Nonato). Só que os planos do treinador foram por água abaixo com a expulsão de um de seus zagueiros (Carlão) ao 12 minutos por segundo cartão amarelo.
Na Aparecidense, o técnico Wladmir Araújo ousou e colocou o atacante Dinei (artilheiro da Primeira Divisão) e sacou Rodrigo Ítalo (nº 6) para aproveitar as chances criadas, com isso, o time da casa passou a contar com quatro atacantes contra o Goianésia e ficou exposto a contra-ataques.

2 a 1
Expulsão de zagueiro favorece derrota

Geovane (nº 5) abriu o placar para a Aparecidense aos 18 minutos e Dinei (nº 18) entrou driblando e ampliou aos 20 minutos. Aos 47 minutos, já nos acréscimos, Pereira descontou para o Goianésia. Com a vitória, a Aparecidense assumiu a liderança chegou aos 7 pontos. Em segundo lugar está o Goianésia com 6. Atrás vem Mineiros (1 ponto) e Jataiense (zero ponto).

A tarde, às 16 h, no Arapucão em Jataí, jogam Jataiense e Mineiros Esporte Clube-MEC, fechando a terceira rodada.



Nenhum comentário:

Postar um comentário