QUINTA-FEIRA, 29 DE AGOSTO DE 2013

Vereadores surpreendem o sindicato dos trabalhadores e antecipam votação (foto do dia 14/08/2013)

VEREADORES SURPREENDEM E ANTECIPAM VOTAÇÃO DA MUDANÇA NO HORÁRIO DO COMÉRCIO

O texto veio da assessoria da Câmara Municipal de Jataí: 
Na sessão ordinária desta quarta-feira, 28 de agosto, à noite, foi aprovado o projeto de lei enviado pelo poder executivo que altera o horário de funcionamento do comércio no município. O único voto contrário foi do vereador Marcos Antônio, que teve rejeitado projeto substitutivo que previa o horário de 8 às 19 horas de segunda a sexta-feira e de 8 às 15 horas aos sábados. Também foi rejeitado substitutivo assinado por sete vereadores que estipulava o fechamento dos estabelecimentos comerciais às 19 horas nos dias de semana e às 16h30min aos sábados. O texto original deixa a critério das empresas os horários, mas prevê respeito às leis trabalhistas. O projeto se transformará em lei quando for sancionado pelo prefeito Humberto Machado. Mas o vereador Marcos Antônio anunciou que recorrerá do resultado, por entender que tinha direito de pedir vistas do projeto na segunda votação, que ocorreu na mesma noite. Seu pedido, entretanto, foi rejeitado pela maioria dos parlamentares. Vários outros projetos e requerimentos de autoria dos poderes executivo e legislativo foram votados e aprovados. Na Tribuna Popular, o superintendente Municipal de Habitação, Gilberto Ferreira de Morais, falou sobre os projetos de sua pasta em Jataí. A próxima sessão ordinária está marcada para o dia 10 de setembro, a partir das 14 horas.
Só para entender: na sessão ordinária realizada na noite da terça-feira, 27, a votação quase ocorreu em favor do projeto substitutivo do vereador Marcos Antônio. Foi quando o vereador Geovaci Peres pediu vistas e a votação acabou sendo adiada e combinada para a próxima sexta-feira, 30 de agosto. Entretanto, sem maiores comunicados, a Câmara decidiu por votar na quarta-feira mesmo e acabou decidindo pela manutenção do projeto conforme veio do Poder Executivo.