terça-feira, 25 de agosto de 2015



ATRASADOS DA SAÚDE - O novo vereador, Carlos Miranda (PMDB) esteve visitando as obras de ampliação do Centro Médico Municipal, hospital de referência, e viu o andamento dos trabalhos. Elogiando a gestão de seu partido, Carlos Miranda destacou a implantação do curso de Medicina na cidade, via UFG-GO, Campus Jataí, mas só fica chateado com a problemática dos servidores do Centro Médico que estão em movimento grevista devido a atraso nos salários. Segundo ele, o município está aplicando 6% a mais (pela lei tem que ser 15%, mas aplica-se 21%) na área da Saúde. O motivo dos atrasos salariais seria devido a convênios que também estão em atraso. O vereador explica que o município tem um repasse do governo federal que está em atraso (recebeu R$ 250 mil de R$ 550 mil) e também do governo estadual Marconi Perillo que, há 12 meses, não repassa o valor celebrado. Um outro convênio não detalhado pelo vereador também estaria em atraso. Carlos Miranda deixou claro que a gestão do prefeito Humberto Machado já está correndo atrás para tentar atualizar os repasses. Na questão polêmica do movimento de redução dos salários do vereadores, ele diz que a Câmara Municipal de Jataí já é enxuta e que já devolve verbas (duodécimos) para a Prefeitura.

PÓRTICOS - Carlos Miranda também explicou que as verbas para as instalações dos três dos pórticos na cidade (sobre o viaduto e sobre duas rodovias BRs) são provenientes do Ministério do Turismo e do governo federal. Só os projetos e a idealização das mesmas são da Prefeitura de Jataí.